Maceió, 18/Novembro/2018

Resp. Técnico: Dr. José Antonio Martins
CRM AL 4363:RQE 3168

Receba as novidades
do Grupo Amigo:

Cadastre-se

Gravidez ectopica abdominal

 

A gravidez ectópica abdominal também conhecida como "prenhês ectópica" é uma gestação que ocorre fora da cavidade uterina. Ela é causada por diversos fatores que retardam ou impedem a passagem do ovo para a cavidade uterina, como inflamações e suas conseqüências, assim como tumores ou anormalidades do desenvolvimento das trompas .
 
Nas eventualidades que levam à gravidez actopica abdominal estão também os fatores funcionais, que agem diminuindo a motilidade das trompas. São estes o fumo, o envelhecimento do organismo e o consumo de drogas hormonais indutoras da ovulação. Progesterona, pílula do dia seguinte e o DIU contendo progesterona também se incluem nestes fatores de risco.
 
Muitas gestações ectópicas ocorrem nas trompas e sofre interrupção entre 6 e 12 semanas, dependendo do local onde está implantada. O diagnóstico da gravidez ectópica deve ser precoce, pois a gravidez ectópica pode, em alguns casos, ser considerada uma emergência cirúrgica. Porém nem sempre isso é possível, uma vez que na gravidez ectópica não interrompida, a paciente pode não ter sintomas ou ter sintomas mínimos.
 
Alguns exames podem diferenciar a gestação ectópica de outras doenças, tais como ameaça de aborto, gestação normal, infecções das trompas, apendicite, cisto de ovário torcido. São exames de sangue para determinar a perda sanguínea e a presença de infecção e a ecografia pélvica transvaginal. Outros exames muito importantes são a punção do fundo de saco vaginal com agulha grossa para determinar a presença de sangue dentro da cavidade abdominal e a realização de uma laparoscopia diagnóstica.
 
Sintomas gravidez ectopica: Os principais sinais e sintomas da gestação ectópica são:
 
- Histórico de atraso menstrual seguido por sangramento vaginal anormal
 
– Dor na barriga, geralmente na região pélvica ou abdominal com intensidade variável
 
– Presença de massa palpável dolorosa em região das trompas e ovários.
 
– Nos casos de interrupção da gravidez ectópica, acontece uma hemorragia para dentro da cavidade abdominal, com a ocorrência de dor abdominal de intensidade variável, de tonturas, dor no pescoço, ombro e desmaio.
 
Tratamento para a gravidez ectópica
 
O tratamento pode ser expectante naqueles casos onde a gravidez ectópica se localiza na trompa e ainda não rompeu, mede menos de 4 cm, não se constata a presença de batimentos cardíacos fetais e os níveis hormonais estão diminuindo. O tratamento cirúrgico preserva a trompa e geralmente é realizado por laparoscopia.
 
Prevenção da gravidez ectópica
 
Para evitar que ocorra uma gravidez ectópica, é preciso fazer o tratamento adequado para qualquer doenças sexualmente transmissíveis que se possa adquirir, além do uso de métodos anticoncepcionais adequados e a prática de sexo seguro.
 
 
Fonte: Mamãe e Bebê

+ Mais Notícias

Grupo Amigo

Av. Tomas Espíndola, 83 Farol. Maceió-AL. CEP: 57051-000

contato@grupoamigo.com.br

(82) 3021 5887 - 3021-5867 - 9.9946-5344



Facebook
Facebook
LinkedIn
LinkedIn
LinkedIn
Google+