Maceió, 18/Dezembro/2017

Resp. Técnico: Dr. José Antonio Martins
CRM AL 4363:RQE 3168

Receba as novidades
do Grupo Amigo:

Cadastre-se

Grupo AMIGO celebra 'Outubro Rosa', mês dedicado ao combate ao câncer de mama

 O mês de outubro está começando e, na área da saúde, ele é marcado pelo 'Outubro Rosa', movimento iniciado nos Estados Unidos ainda no início do século XX e que, desde o final de 2008, ganhou o apoio de entidades, empresas e instituições públicas. A AMIGO Assistência Médica Integrada também participa desse momento e alerta para a importância da prevenção ao câncer de mama.

 

Sendo uma empresa especilizada em Ginecologia e Obstetrícia (GO), o Grupo Amigo celebra e associa ao ideal proposto pelo 'Outubro Rosa', com o objetivo de divulgar informações sobre o câncer de mama e abordar mitos e verdades sobre prevenção e detecção precoce da doença, possibilitando que a mulher tenha mais segurança para decidir sobre a realização do exame.

 

Apenas em 2014, a Sociedade Brasileira de Mastologia estimava o aparecimento de 57.120 novos casos de câncer de mama no País. E, segundo a entidade, não existe um única causa para o surgimento da patologia, que pode aparecer em função da herediariedade até exposições a radiações.

 

Os fatores de risco

 

São inúmeros os fatores que podem provocar o aparecimento da doença.  Dentre os ambientais, estão obesidade (especialmente após a menopausa), sedentarismo, sobrepeso, consumo de bebida alcoólica e exposição frequente a exames de raios-X. Há também os riscos hormonais, que podem ser primeira menstruação antes de 12 anos, não ter filhos, primeira gravidez após os 30 anos, não ter amamentado, entrar na menopausa após os 55 anos e ter feito reposição hormonal pós-menopausa.

 

“Há ainda os fatores genéticos, que fogem ao controle da paciente. Histórico familiar de câncer de mama e ovário, principalmente em parentes de primeiro grau, e alteração genética são fatores considerados de alto risco”, explicou o ginecologista, obstetra e sócio da AMIGO, José Antônio Martins.

 

Prevenção

 

A AMIGO orienta que a prevenção é a melhor forma de se detectar precocetemente o câncer de mama. Por isso é tão importante que a paciente visite, com periodicidade organizada, o médico da sua confiança. “Independentemente da idade, é essencial que a a mulher conheça o seu corpo para poder saber o que é e o que não é normal nas mamas. E, ao identificar quaisquer alterações suspeitas, ela deve procurar imediatamente um serviço de saúde para avaliação profissional. Aquelas com idade entre 40 a 49 anos, devem realizar o exame clínico das mamas anualmente. Já as que têm mais de 50 anos precisam fazer a mamografia a cada dois anos e, o exame clínico, também uma vez por ano”, detalhou Gustavo Cantarelli, também especialista em GO e sócio da AMIGO.

 

Para as mulheres com risco elevado para câncer de mama (aquelas que possuem casos na família de câncer de mama) devem procurar o médico da sua confiança para que ele possa adotar a conduta ideal.

 

Tratamento

 

O tratamento do câncer de mama vai depender bastante da extensão da doença, ou seja, do estágio em que ela for descoberta. Quando a enfermidade é diagnosticada bem no início, é consideravelmente maior o seu potencial curativo. Porém, quando ela já é descoberta numa fase avançada e/ou já possui evidências de metástases, os métodos de tratamento vão funcionar muito mais com o objetivo de prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida da paciente.

 

As modalidades de tratamento do câncer de mama podem ser divididas em tratamento local, com cirurgia e radioterapia; e tratamento sistêmico, com quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica.

+ Mais Notícias

Grupo Amigo

Av. Tomas Espíndola, 83 Farol. Maceió-AL. CEP: 57051-000

contato@grupoamigo.com.br

(82) 3021 5887 - 3021-5867 - 9.9946-5344



Facebook
Facebook
LinkedIn
LinkedIn
LinkedIn
Google+